top of page

Sinfônica do Espírito Santo realiza concerto com repertório apenas de compositores brasileiros


A Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) apresenta um repertório com obras apenas de compositores brasileiros, dentro da série Concertos Sinfônicos, nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25), às 20h, no Sesc Glória, Centro de Vitória. Na ocasião, a orquestra receberá dois convidados: o pianista Hércules Gomes e a maestra Priscila Bomfim.


Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Sesc Glória ou on-line, neste link, e custam R$ 20 (inteira), R$ 12 (conveniado) e R$ 10 (meia-entrada e cliente com credencial do Sesc).


Sobre o repertório


“Colar de Pérolas” foi composta pela paulista Silvia de Lucca em 1999. A obra, encomendada para um concerto totalmente executado por mulheres, discute, de certa forma, o feminino e o masculino. “Colar de Pérolas” usa as delicadas joias da natureza não de maneira graciosa, mas como forma estruturante da obra. Um fio condutor interliga cada seção musical representada por pérolas. Segundo a compositora, o “feminino e o masculino não têm fronteiras tão definidas, tão distintas”.​


O “Concerto para Piano nº 1”, do jovem compositor e regente João Carlos Rocha, traz a proposta de unir a cultura afro-brasileira à linguagem sinfônica contemporânea. Utilizando-se de recursos do passado e do presente, unindo-os à pesquisa sobre as origens africanas da cultura brasileira, esse concerto resulta, ao mesmo tempo, inovador e familiar.


​O termo “bachiana” refere-se à música de Johann Sebastian Bach. Nelas, Heitor Villa-Lobos buscou, com bastante liberdade, certa fusão entre matrizes musicais brasileiras e o estilo barroco de Bach. Em “Bachianas no. 4”, já na introdução há uma melodia nostálgica executada exclusivamente pelas cordas. Em “Canto do Sertão”, ouve-se a nota si bemol repetida insistentemente, como um evento à parte, numa menção ao grito da araponga. Em “Cantiga”, destaca-se o uso da canção “Caicó”, do folclore nordestino. Encerrando com “Miudinho”, que mistura a ginga das rodas de samba à ampla orquestração sinfônica.


Maestra convidada

Além de seu reconhecido trabalho como pianista, Priscila Bomfim tem desenvolvido ampla carreira como regente, realizando concertos com as principais orquestras sinfônicas do país, entre elas, a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), do Rio de Janeiro; a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), do Rio Grande do Sul; a Academia de Ópera do Theatro São Pedro, de São Paulo; a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (SP); e a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde trabalha há muitos anos em produções de óperas. Também é regente da Orquestra Sinfônica Juvenil Chiquinha Gonzaga, formada por alunas da rede pública do Rio de Janeiro. Em 2023, tem na agenda as óperas “Cendrillon” (Pauline Viardot) e “Eugene Onegin” (Tchaikovsky), além de “Les Noces”, de Stravinsky.


​Solista convidado

Considerado um dos mais representativos pianistas brasileiros da atualidade, Hércules Gomes já se apresentou em importantes festivais como o Piano, Piano (Buenos Aires), o Brazilian Music Institute (Miami) e o Festival de Inverno de Campos do Jordão (SP). Foi vencedor do 11º Prêmio Nabor Pires de Camargo e do I Prêmio Mimo Instrumental. Como solista, atuou com orquestras como a Jerusalem Symphony Orchestra, Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (Osusp), Sinfônica de Campinas e Orquestra Jovem Tom Jobim. Em 2021, teve seu recital solo com tangos brasileiros e argentinos como parte da programação da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) na Sala São Paulo.


Série Concertos Didáticos

Quer levar a sua escola para acompanhar os ensaios gerais da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo? Estão abertas vagas para receber estudantes do ensino médio da rede pública estadual para a série Concertos Didáticos.

A ação é uma oportunidade de conferir a dinâmica entre os músicos, ouvir apontamentos do regente e acompanhar parte do processo que é a preparação de uma música até o momento do concerto, além de estimular os jovens a descobrirem o universo sinfônico e suas infinitas possibilidades.

Os ensaios gerais e a preparação dos músicos acontecem sempre às quartas-feiras, com concertos marcados a partir das 8h15, no Sesc Glória, Centro de Vitória. Para agendar a sua escola, mande e-mail para comunicacao.coes@gmail.com.


Serviço: Série Concertos Sinfônicos

Quando: 24/05 (quarta-feira) e 25/05 (quinta-feira)

Horário: às 20h

Local: Sesc Glória, Avenida Jerônimo Monteiro, 428, Centro, Vitória, Espírito Santo.

Repertório:

“Colar de Pérolas”, de Silvia de Lucca

“Concerto para piano e orquestra no. 1”, de João Carlos Rocha

“Bachianas no. 4”, de Heitor Villa-Lobos


Solista convidado: Hércules Gomes

Maestra convidada: Priscila Bomfim


Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Oses

Erika Antônia Piskac

(27) 99283-1081

comunicacao.coes@gmail.com Instagram: @orquestrasinfonicaes

Assessoria de Comunicação da Secult

Tiago Zanoli / Danilo Ferraz / Karen Mantovanelli / Juliana Nobre

(27) 3636-7111 / (27) 99753-7583 / (27) 99902-1627

secultjornalismo@gmail.com / comunicacao@secult.es.gov.br


Comentários


bottom of page