top of page

Sinfônica do Espírito Santo divide palco com Wagner Tiso no Festival de Inverno de Domingos Martins



Apresentação é aberta ao público e vai abrir a programação do evento, no dia 14 de julho, às 20h30.


Quem gosta de boa música e do clima agradável das montanhas capixabas vai contar com uma programação reunindo mais de 70 atrações no 28º Festival Internacional de Inverno de Domingos Martins, que acontece de 14 a 23 de julho. E a abertura do evento, no palco principal, fica por conta da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses), que divide o palco com o renomado pianista Wagner Tiso. O concerto acontece na sexta-feira (14), às 20h30, na Praça Dr. Arthur Gehardt, em Campinho, com entrada gratuita.


De acordo com o maestro Helder Trefzger, a participação da orquestra é uma ótima oportunidade de reunir um repertório diversificado para um grande público em um dos festivais mais tradicionais do país. “Será um enorme prazer dividir novamente o palco com o grande pianista Wagner Tiso, em que o repertório escolhido homenageia a obra de Villa-Lobos nas canções ‘Mandu-Çarará’, com inspiração de temática indígena, ‘Choro de Mãe’, um clássico da era moderna do Choro e ‘Cenas Brasileiras’, um rico e variado painel sonoro.”


A Orquestra Sinfônica do Espírito Santo já faz parte da trajetória do festival, tendo tocado em quase todas as edições. Em seu histórico de apresentações, destacam-se concertos ao lado de grupos como Brasilidade Geral e a banda Club Big Beatles, a apresentação da grandiosa obra “Réquiem de Mozart”, além do clássico Rock Sinfônico.


Confira a programação completa do Festival AQUI.


Sobre o solista


Compositor, instrumentista e arranjador, Wagner Tiso iniciou sua carreira ao lado de Milton Nascimento, integrando o conjunto Luar de Prata. Nos seus mais de 40 anos de carreira tocou com duos, trios, quartetos, e é um dos mais requisitados arranjadores do país. Tem 30 discos gravados, quase todos lançados também no exterior.


Wagner Tiso nasceu em 1945, na cidade de Três Pontas, Minas Gerais. Desde o fim dos anos 50, já se apresentava com Milton Nascimento em clubes e bailes da região. Na década seguinte, tornou-se arranjador e pianista do Clube da Esquina, um dos movimentos mais marcantes da história da música popular brasileira.


Sua carreira seguiu como compositor de trilhas sonoras para mais de 30 filmes, além de diversos álbuns que fazem parte da antologia brasileira. Wagner Tiso também morou em diversos países, como Portugal, Espanha e Suíça, gravando álbuns importantes e se apresentando também internacionalmente.



Confira o repertório:


Heitor Villa-Lobos (arranjo de Wagner Tiso): Mandu-Çarará (duração aproximada: 4 min);


Wagner Tiso: Choro de Mãe (duração aproximada: 5 min.);


Antônio Carlos Jobim (arranjo de Wagner Tiso): Eu sei que vou te amar (duração aproximada: 10 min.);


Wagner Tiso: Suíte Cenas Brasileiras (duração aproximada: 25 min)

1. Mata-Burro

2. Sete Tempos

3. A Lenda do Boto

4. Olinda Guanabara

5. Frevo


Solista: Wagner Tiso, piano

Regência: Helder Trefzger


Serviço:

Série ES: Domingos Martins

Quando: 14 de julho (sexta-feira)

Horário: às 20h30

Local: Praça Dr. Arthur Gerhardt - Centro, Domingos Martins

Entrada gratuita


Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Secult

Tiago Zanoli / Danilo Ferraz / Karen Mantovanelli / Juliana Nobre

(27) 3636-7111 / (27) 99753-7583 / (27) 99902-1627

secultjornalismo@gmail.com / comunicacao@secult.es.gov.br


Erika Antônia Piskac

(27) 99283-1081

comunicacao.coes@gmail.com

Instagram: @orquestrasinfonicaes


bottom of page