top of page
elemento.png

28/08, às 20h

Série Concertos Sinfônicos

local.png

Sesc Glória

Avenida Jerônimo Monteiro, 428 - Centro, Vitória - ES, Brasil

ingressos.png

R$ 20 (inteira)
R$ 15 (conveniado)
R$ 12 (cartão-empresário)
R$ 10 (meia-entrada e comerciário)
R$ 10 + 1kg de alimento (meia solidária)""

ago_ConcertosSinfonico

Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo - Oses

Helder Trefzger, regente

Solo de violino: Diego Adinolfi, spalla

Gioacchino Rossini: Abertura da ópera Guillaume Tell

  • Andante/Allegro/Andante/Allegro vivace

Marcelo Rauta: Villalobiana n.° 4

  • Andante/Allegretto/Andante

  • Andante

  • Allegro

Nicolai Rimsky-Korsakov: Sheherazade

  • O mar e o navio de Simbad: (Largo e maestoso/Allegro non troppo)

  • A história do Príncipe Kalender: (Lento/Andantino/Allegro molto/Con moto)

  • O jovem príncipe e a jovem princesa: (Andantino quasi allegretto/Pochissimo più mosso/Come prima/Pochissimo più animato)

  • Festa em Bagdá - Naufrágio do barco nas rochas: (Allegro molto/Vivo/Allegro non troppo maestoso)

Solo de violino: Diego Adinolfi, spalla

bg.png

Sobre a apresentação

A ópera Guilherme Tell foi escrita em 1829 pelo compositor italiano Gioachino Rossini (1792-1868) e tem como protagonista o personagem-título, herói nacional suíço. A abertura inicialmente remete à tranquilidade da vida nos Alpes, com um plangente solo de violoncelos.Após uma tempestade, uma melodia tocada pelo corne-inglês e depois repetida pela flauta nos leva novamente à paisagem idílica da Suíça até que, no seu trecho final, após uma fanfarra tocada por trompetes e trompas, temos a famosa a cavalgada dos soldados suíços, sob a liderança de Guilherme Tell.


O compositor capixaba Marcelo Rauta (1981) escreveu uma série de oito obras intituladas Villalobianas, frutos de uma pesquisa sobre os procedimentos composicionais de Villa-Lobos e das influências recebidas por ele dos compositores modernistas de sua época. Rauta, assim como fez Villa-Lobos nas suas Bachianas Brasileiras, escreveu para diferentes formações, tanto camerísticas como orquestrais.


Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908), compositor russo, é considerado um mestre da orquestração. Foi membro do Grupo dos Cinco, que reunia defensores de um estilo nacionalista da música clássica, aliando canções e tradições folclóricas russas a elementos exóticos (ritmicos, melódicos e harmônicos). A suíte sinfônica Scheherazade foi composta em 1888, inspirada no livro As mil e uma noites e se destaca pelo colorido da orquestração e pela presença de elementos orientais, presentes na história da Rússia Oriental. Ela divide-se em quatro partes: O mar e o navio de Simbad; A história do Príncipe Kalender; O jovem príncipe e a princesa; Festa em Bagdá.

bottom of page